É Possível Aprender Inglês Online?

É Possível Aprender Inglês Online?

Um levantamento divulgado pela rede de escolas de idiomas EF Education First mostrou que o nível de proficiência em inglês da população brasileira continua baixo, pois o Brasil aparece em 38º lugar no ranking de 63 países com baixa proficiência no inglês O Brasil está ao lado de outras doze nações, entre elas Peru, Equador, Rússia, China, México e Uruguai. É interessante notar que o estudante americano é ávido para aprender outras línguas, outras culturas e costumes, assim como boa parte do planeta precisa aprender Inglês até mesmo para arrumar um simples emprego. Dominar uma nova língua não é tão simples como muitos imaginam e na maioria das vezes exige do aprendiz um período prolongado de estudo, de paciência e de investimento de tempo voltado a isto. A boa notícia é que muitos cursos online vem cumprindo bem este papel, ou seja, vem oferecendo uma variedade de planos de aulas e de ferramentas multimídias voltadas para a leitura, escrita, audição e conversação,  e assim vem ajudando as pessoas a falarem uma nova língua, especialmente o inglês.

 

Muitos cursos de línguas na modalidade online já oferecem soluções tecnológicas móveis,  o que facilita a vida do aprendiz pois permite que ele estude em qualquer lugar e a qualquer hora.  Cursos de idiomas online proporcionam às pessoas a aprendizagem de uma nova língua nos seus próprios países. Saber se comunicar em  inglês é uma habilidade inevitável a todos atualmente, pois podemos afirmar que é a segunda língua no mundo depois da língua materna de cada um. Não quero com isto menosprezar a importância de tantas outras línguas que também são muito faladas no planeta,  como por exemplo o espanhol e o mandarim,  mas que são mais necessárias em áreas geográficas específicas, enquanto o inglês é falado universalmente em quase todos os países do mundo.

 

Creio que seja seguro pensar que o Inglês é o elo comum que nos liga ao mundo exterior até mesmo ao mundo virtual da internet, mas considero também que para os falantes não-nativos é um desafio grande falar, escrever e expressar-se bem em uma segunda língua. É claro que é uma situação diferente, quando vemos a criança aprender a sua língua nativa e o Inglês ao mesmo tempo e desde o início de sua vida, do que um adulto que precisa aprender Inglês como segunda língua numa fase mais tardia.

 

Existem cursos online de idiomas, especialmente o de inglês,  que são ótimos em suas estruturas pedagógicas e didáticas tanto para crianças como para adultos. Aqueles que oferecem a tutoria por professores nativos, permitem  ao aluno virtual o contato mais próximo com a cultura americana e com uma comunidade internacional, especialmente quando o curso é dos EUA e consegue receber alunos do mundo todo. Normalmente estes cursos à distância são mais baratos do que os cursos presenciais, o que é uma grande vantagem ao aluno internacional, mas é inquestionável que muitas vezes a escolha da escola de idiomas online, seja um grande desafio por parte do aprendiz  porque atualmente ainda não existem  normas, rankings ou selos que atestem a qualidade das aulas virtuais voltadas à aprendizagem de um idioma, pelo menos no Brasil não existe.

 

Um benefício significativo destes cursos virtuais é que eles promovem comunicações globais instantâneas onde os alunos podem melhorar as suas competências linguísticas através de conversas aluno-aluno,  aluno-professor nativo, independentemente do local onde vivem.  As videoconferências aumentam a interação pessoal e criam a oportunidade para que os alunos construam uma rede internacional de amigos e contatos. Uma rede de contatos pode ajudar o aluno a desenvolver planos de negócios, encontrar novas oportunidades de emprego e aumentar o seu conhecimento de outros países e culturas. Uma rede global de contatos construída à partir de uma aprendizagem conjunta e com conversas pessoais com outros alunos, sempre proporciona benefícios ao longo da carreira do aprendiz. Sempre vale lembrar que ser bilíngüe é mais do que ser capaz de ler e escrever em uma segunda língua. Ser bilíngue te faz um cidadão do mundo!

 

Hoje os recursos multimídias voltados às aulas online de idiomas, são muito mais interessantes do que muitas das aulas presenciais, pois as multimídias incorporam novas formas de aprender um novo idioma incluindo : exercícios interativos com imagens sugestivas, videoaulas, podcasting, sistema de reconhecimento de voz para o treino da pronúncia, blogs, vídeos, áudios diferenciados, ferramenta de repetição de vocábulos para memorizar e aprender palavras, ferramentas de correção gramatical interativas, videoconferências para treino da língua, jogos interativos, dicionários e tradutores online, biblioteca virtual, mensagens instantâneas em twitter, webcam, quadro interativo multimídia onde o professor clica e navega pela internet para desenhar, escrever, exibir vídeos e reproduzir sons para os alunos.  Nestes novos tempos também já se customiza cursos online de acordo com as necessidades e interesses pessoais de cada um,  como os voltados para viagens e para negócios.  

😆

Os professores de línguas estão descobrindo que as tecnologias estão ajudando os alunos a aprenderem e que elas potencialmente ajudam em uma aprendizagem mais lúdica e portanto mais criativa,  assim como aumentam as taxas de retenção por estas mesmas qualidades. A tecnologia gera acessibilidade e promove a qualquer pessoa do mundo a oportunidade de aprender um novo idioma,  assim como gera às escolas a possibilidade da escalabilidade.  Por outro lado sabemos que existem milhares de sites que  oferecem aulas online de idiomas especialmente o Inglês de forma gratuita. São sites que oferecem tutoriais, alguns poucos recursos multimídia, conteúdos escritos e são absolutamente auto-instrucionais. Vale levar em consideração que para um aluno iniciante a vastidão de recursos tecnológicos pode até intimidar e ser desestimulante, pois quando se inicia este tipo de aprendizagem necessita-se de um ambiente online mais intuitivo e de fácil compreensão. Sim, eu estou falando especificamente de alunos adultos que precisam aprender inglês, justamente porque este tipo de formação ficou frágil lá atrás.

😮

Independente da faixa etária do aluno que cursa pelo online uma nova língua, cada estudante deverá aprender todos os sons, toda a fonética, como por exemplo na língua inglesa onde a importância das vogais e dos ditongos são imprescindíveis de se saber e de se falar corretamente. A maioria dos falantes não-nativos concorda comigo quando digo que um dos aspectos mais desafiantes de aprender Inglês é a parte da pronúncia.  Existem palavras que possuem “aparentemente” o mesmo som, mas diferem no som e consequentemente no significado.  As questões fonéticas levam certo tempo para se poder compreender por isto é muito importante que os mecanismos tecnológicos facilitem ao aluno a aprendizagem voltada à comparação dos sons, para que aprendam as pronúncias corretamente, como também o exato comprimento de sílabas e suas devidas colocações. É indiscutível que os cursos online que possuem em seu staff  professores nativos como tutores interagindo com os alunos virtuais,  acabam promovendo um ensino mais impactante e com maior qualidade. 

😆

Novas tecnologias oferecem maneiras de superar as barreiras geográficas tradicionais para a educação global e consequentemente abrem  possibilidades de aprendizagem de novas línguas. O século 21 marcou o início de uma era com o mais alto nível de interconexão global na história humana e a tecnologia agora nos permite visualizar imagens ao vivo de eventos que ocorrem praticamente em qualquer lugar no mundo, 24 horas por dia e 7 dias por semana. Nós nos comunicamos com as pessoas em regiões remotas de qualquer parte do planeta e acessamos documentos digitais a toda hora, assim como lemos textos, ouvimos vozes e vemos imagens que nos são enviados com um simples clique pelo telefone celular ou pelo computador. Os alunos já podem se inscrever em aulas online ministradas por educadores que estão do outro lado do mundo de onde eles residem.

🙄

Muitos professores presenciais hoje em dia usam diferentes técnicas voltadas à aprendizagem de uma nova língua como recortes de filmes, anúncios, comentários de textos jornalísticos, dramatização e aulas expositivas.  Estes professores não somente tornam a aula muito mais interessante do que aquela aprendizagem tradicional focada apenas no livro de papel,  mas são professores que conseguem manter  o aluno atento e interessado durante toda a aula. O e-learning também mudou a perspectiva da aprendizagem, especialmente a de um novo idioma, especialmente quando bem estruturado permitindo que os alunos sejam igualmente interativos como se estivessem fisicamente juntos.  Os professores e as escolas sérias de idiomas,  têm estado em constante busca de formas mais eficazes e melhores de ensino online de línguas.

🙄

Sim, é possível aprender inglês ou outra língua estrangeira pela internet, mas não basta decorar vocabulário tampouco aprender por repetição frases aleatórias. Alguns cursos à distância oferecem períodos de uso gratuito, de uma semana ou um mês para que o aluno possa verificar a sua adaptabilidade ao sistema e ao material fornecido. A interação com o professor “sempre” é fundamental para o aluno evoluir no aprendizado,  e o  pilar central da metodologia para o ensino de inglês é poder trabalhar com quatro habilidades do idioma: ouvir, falar, ler e escrever. Aulas virtuais em tempo real como as aulas de conversação são essenciais,  principalmente quando são conduzidas por um professor nativo e que principalmente na sala virtual tenham estudantes de outras partes do mundo.

Saiba+

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 comentários em “É Possível Aprender Inglês Online?

  1. Bom dia prof. Liliam,
    Curso pós-graduação em Docência para o Ensino Superior e sou professora de inglês em cursos livres.
    Estamos estudando mídias digitais e indicarei seu blog e livro para os colegas. Há vários assuntos muito interessantes para nós, com essa linda missão de educadores comprometidos, que se importam com a qualidade de ensino e aprendizagem dos alunos e nossa também. Estou em busca de um tema para o TCC, e mestrado posteriormente, e este seu artigo sobre ensino de idiomas online me despertou.
    Muito obrigada.

  2. Genial!
    Já estou colocando em pratica algumas dicas e estou começando com a fluencia!
    Valeu!

Comentários estão bloqueados.