Educação a Distância e Desenvolvimento de Competências

Educação a Distância e Desenvolvimento de Competências

Como educadores,  preparamos os nossos alunos para o “mundo real” que existe em torno deles e em torno de nós. Ensinamos o conteúdo de nossas disciplinas, assim como também ensinamos diversas habilidades menos tangíveis como trabalhar em equipe, pensar criticamente e ser curioso sobre as coisas que eles enfrentam todos os dias.

😛

Sim, a nossa ambição é prepará-los para levar uma vida produtiva e bem sucedida, mas o que está por vir para os nossos alunos no futuro? Será que os educadores de vinte anos atrás, imaginavam que muito do nosso mundo funcionaria com computadores e com tecnologias sofisticadas, inclusive na Educação ? Eles conseguiam prever quais as habilidades que seriam necessárias no mercado de trabalho nos dias de hoje? Muito improvável, não? Hoje em dia, nós educadores ainda estamos sobrecarregados pela mesma tarefa complicada de preparar os nossos alunos para o desconhecido.

😎

Os alunos terão que desenvolver competências para lidarem com os problemas do século 21 e de ângulos diferentes para poderem encontrar soluções. Independentemente do campo escolhido em suas carreiras, a capacidade de pensar e agir rapidamente será uma ferramenta indispensável para hoje e para o futuro. Para poderem praticar estas habilidades, os professores devem apresentar aos alunos inúmeras situações em que eles possam descobrir as coisas por eles mesmos, onde as habilidades que eles já desenvolveram anteriormente  e as que  estão desenvolvendo naquele momento pontual,  possam ser utilizadas e aplicadas para ajudá-los a descobrir a solução de novos problemas.

🙄

Nossos alunos online precisam estar adaptados e confortáveis com a ideia de mudança que ocorre no mundo, na sociedade que vivem, na vida profissional que estão pleiteando;  para que possam estar dispostos a se desenvolverem como pessoas e profissionais frente às transformações que ocorrem também em seus microuniversos. Os professores devem criar um ambiente virtual de aprendizagem dinâmico,  variando as estratégias de aprendizagem e promovendo sempre o trabalho em grupo,  trabalhando e contextualizando temas da atualidade com convergência ao conteúdo da disciplina. 

😯

Quanto à comunicação escrita tão necessária em cursos online, é necessário estimular que eles usem a tecnologia disponível para checar a escrita. É muito importante os alunos saberem a diferença entre a escrita formal e informal. Os alunos têm acesso a quantidades inimagináveis ​​de informações hoje em dia, e a própria Internet que é uma ferramenta de pesquisa muito boa, pode ser o melhor amigo do aluno ou o pior inimigo. Acessar informações é fácil, mas o acesso a boa informação tende a ser muito mais complicado e os alunos precisam ser ensinados a vasculhar as milhões de páginas da web disponíveis sobre um determinado tema para  encontrar o que precisam e serem capazes de confiar no que eles acham. 

😥

É importante mostrar ao aluno de educação a distância –  EAD, que o conteúdo ofertado dentro do ambiente da sala de aula virtual é o suficiente, mas que por toda a internet  ele pode e deve buscar mais conteúdos para justamente ao lado do tutor realizar um trabalho intelectual de garimpo das informações,  e assim aprender a verificar o que é relevante  e o que não é. É muito interessante conjugar o conteúdo ofertado pelas aulas online e o que o aprendiz entrega através das pesquisas realizadas pela internet à fora.

😆

Sabemos que educar pessoas através do mundo virtual nesta sociedade da informação na qual vivemos,  não significa apenas treiná-las ao uso das tecnologias de informação e comunicação. Na verdade nós educadores da educação a distância – EAD ,  estamos cada vez mais envolvidos na tarefa de desenvolver competências que possibilitem que os alunos operem com fluência os novos meios digitais,  e que principalmente se habilitem à novas maneiras de pensar, de  absorver, construir e aplicar conhecimentos.

🙁

Aquilo que chamamos de alfabetização digital atende apenas o desenvolvimento de habilidades básicas para se usar computadores e consequentemente a internet, propiciando o consumo de informações, apenas.  A tarefa da educação a distância transcende isto, obviamente!  😀  Assim precisamos cada vez mais de tutores não apenas alfabetizados digitalmente, mas principalmente profissionais desta área que sejam fluentes digitalmente e que se capacitem a realizar uma eficaz  gestão das informações ofertadas pelos cursos, direcionando o aluno a distância a pensar, questionar, contextualizar, investigar, pesquisar, propor, organizar. Sem o desenvolvimento destas competências junto aos alunos online, penso que a educação a distância – EAD perde a sua função principal.

😕

Os alunos naturalmente são curiosos sobre o mundo e querem sempre explorá-lo pois as suas imaginações são infindáveis e a tarefa dos educadores não é ensiná-los a serem assim…..pois assim já são, mas eles tem a obrigação de não tirar isso deles. Precisamos continuar a incentivá-los a desenvolverem essas habilidades, bem como ensiná-los a aplicá-las de forma criativa neste mundo de mudanças rápidas e recorrentes. 

Outro  ponto muito importante que somado às habilidades tecnológicas e às competências educacionais desenvolvidas pela EAD, é a possibilidade do desenvolvimento do pensamento crítico por parte do alunado, pois a metodologia dos bons cursos a distância ofertados no mercado educacional,   envolvem a disseminação de  habilidades categorizadas como capacidades intelectuais de classificação, pois assim alunos online geralmente  aprendem a avaliar as informações de forma crítica.

😮

Desta forma,  também ocorre para este aluno de cursos online,  a capacitação  de separar a forma do conteúdo em relação às informações e com isto analisar e avaliar com precisão a validade e veracidade da informação recolhida. Obviamente o resultado é uma avaliação mais crítica de toda a informação por parte do estudante de EAD.

😎

No atual mundo digital todos nós temos a possibilidade de não mais sermos apenas consumidores de informações da net, mas principalmente de desenvolvermos novos papéis que nos façam assumir cada vez mais o lugar de criadores de informação. É público e notório que a Web 2.0 nos motiva à troca de informações como também  ao apelo à colaboração entre  pares através dos sites e de todos os serviços virtuais. Se isto já ocorre naturalmente em nosso dia-a-dia pelas redes sociais,  o que dirá em cursos a distância direcionados por tutores competentes?!

😛

Uma coisa é surfarmos pela net pulando de site em site buscando informações fragmentadas e sem a possibilidade de conexão entre elas, outra coisa é aprendermos a construir novos pensares através da soma e da contextualização destas mesmas informações.  Por outro lado, a tecnologia evolui continuamente e nos faz correr o tempo todo atrás de novas capacitações na área da tecnologia da informação. Este tipo de intercorrência nos motiva a buscar a cada momento novas formas de aprender e de amplificar o nosso mundo intelectual e cognitivo.

Não tem volta! Nestes novos tempos cada vez mais aprendemos absolutamente “tudo” e de maneiras   diferentes!! Haja cérebro!!   😉

Saiba+

 

 

 

28 comentários em “Educação a Distância e Desenvolvimento de Competências

  1. Boa tarde, Liliam.
    Seus textos são maravilhosos, pois alem de trazer informações, obriga o leitor a refletir sobre a EaD.
    Fácil descobri que não é, mas realmente desperta a curiosidade e o desejo de novas descobertas. Quero aproveitar e perguntar o que você acha sobre a entrevista do Ministro da Educação Aloízio Mercadante sobre a criação de Faculdade Federal a distancia no link (http://www.educacaoadistancia.blog.br/mec-planeja-criar-universidade-federal-a-distancia/) o post foi no mês de junho/2013.
    Quero te dizer que seu blog faz parte do meu trabalho da EaD, foi o único que encontrei até agora com post frequentes e assuntos atuais sobre a educação virtual.

    Um grande abraço pelo carinho.

    Laiz Fernandes
    Brasilia/DF

    • Oi Laiz,

      Como vai? Obrigada pelo feedback.

      Sobre a implantação da Universidade Federal de EAD no Brasil, acho muito bom!! Escrevi um artigo sobre isto no Blog! Tem o meu total apoio.

      A EAD vem crescendo no mundo todo e não há mais volta. A melhor alternativa é daqui para frente o mercado educacional se preocupar muito em oferecer apenas “cursos em EAD de excelência”. Penso que uma instituição Federal que venha oferecer cursos em EAD, possa ser referência na modalidade!! Vamos aguardar para ver.

      Apareça sempre por aqui, ok?

      Forte abraço,

      Liliam Silva
      Blog educação a distância.com

  2. Boa tarde Lilian!

    Sem dúvidas, precisamos de tutores que tenham compromisso com a Educação na modalidade à distância . Para garantir o bom desenvolvimento do aluno, o profissional desta área deve possuir nos ambientes virtuais uma análise rica e flexível de cada uma das situações. Sua atuação deve ser de mediador, facilitador, incentivador e investigador do conhecimento e da aprendizagem nos cursos de Ensino à Distância.

    Celina Silva

    • Perfeito Celina. É isto mesmo!

      Obrigada pelo feedback!

      Venha sempre nos visitar e colaborar com as suas ideias.

      Forte abraço,

      Liliam Silva

      Blog educação a distância.com

  3. Boa noite Lilian,

    Acredito que realmente o tutor tem que ser uma pessoa com um domínio das Tics, mas necessita também estar sempre se atualizando, ser uma mediador, um orientador e por que não um incentivador também tenho que estar em contato com blogs de EaD em virtude de uma pós graduação em EaD e o único blog que me interessou até o momento foi esse pela qualidade dos textos que são maravilhosos.

    Maria Célia

    • Olá Maria Célia,

      Tudo bem? Sim, o tutor é a alma vital de um curso online. Não adianta a instituição oferecer uma eficaz tecnologia e conteúdo bem composto, se o tutor se manifestar de maneira negligente, ausente ou não tiver uma formação específica para trabalhar diante desta demanda.

      Obrigada pela atenção e feedback. Só nos motiva a entregar para todos vocês cada vez mais conteúdos relevantes.

      Um grande abraço!

      Liliam Silva
      Blog educação a distância

  4. Bom dia ,entrei em seu site pela primeira vez e gostei muito da forma como você expõe as diversas formas de se estudar nesta modalidade de educação a distancia ,ela é muito rica e principalmente como um tutor tem que se expressar em sua maneira de ensinar seus alunos a procurar sempre mais e mais informações , realmente ele precisa ter um diferencial e os tutores tem que mostrar o seu melhor ,dando ao seu aluno,a confiança que ele precisa para seguir em frente e ser um grande tutor

    • Olá Mirela,

      Obrigada pelas considerações em relação ao Blog e aos artigos.

      Obrigada pelo compartilhamento de ideias e participação nesta Linha de Discussão.

      Você está certa em suas análises. Concordo!

      Abraços,

      Liliam Silva
      Blog educação-a-distância.com

  5. Bom dia Liliam,
    Parabéns pelo blog!!
    Cada vez mais o ensino EAD vem ganhando força e cabe a nós estarmos prontos e inseridos neste novo contexto.

    Um abraço

    • Olá Andiara!

      Obrigada pelas considerações!

      Sim, a EAD não tem mais volta e concordo com você, cabe à nós nos reciclarmos e nos atualizarmos para termos eficácia como alunos e/ou profissionais da área.

      O momento é delicado, pois a educação tradicional sofre com o forte impacto do fortalecimento da EAD!

      Forte abraço e apareça por aqui sempre puder!

      Liliam Silva
      Blog educação a distância.com

  6. Boa noite Lilian.

    Parabéns pelo blog.

    Depois de trabalhar muitoa anos com a educação tradicional, conheci a Educação à Distância.Estou dislumbrada com a modernidade, reconheço que é o futuro.
    Como profissional, busco sempre novas informações, como aluna,tenho autonomia para adquirir conhecimentos além dos conteúdos propostos.

    • Olá Hilda!

      Muito bem-vinda ao nosso espaço! Muito bem-vinda ao nosso Blog!

      Que bom! Você migrou da educação clássica para a EAD!

      Desejo todo o sucesso do mundo para você. Volte sempre e compartilhe as suas vivências e experiências.

      Forte abraço,

      Liliam Silva
      Blog educação-a-distância.com

  7. Boa tarde, Liliam

    O tutor deve atuar como facilitador e orientador do processo pedagógico, estimulando e dialogando com os alunos motivando a participação de todos, ajudando-os a superar os obstáculos com segurança, dar retorno crítico às atividades esclarecendo suas dúvidas.

    • Oi Hilda,

      A função do tutor é muito complexa. Aparenta ser uma atividade simples mas não é.

      Solicita inúmeras competências e habilidades deste profissional, para que o cenário educacional atenda todas as demandas do aluno online.

      Abraços,

      Liliam Silva
      Blog educação-a-distância.com

      • Olá Profª Liliam! concordo com sua opinião a respeito da formação do tutor on-line. Esse profissional tem que ser muito especializado porque além das competências didático pedagogicas ele deve se especializar nas tecnologias da informação e comunicação, mas como fazer isso se a cada dia surgem novidades tecnológicas? ou seja o tutor tem que estar atualizado e ligado nas informações e novidades tecnológicas sempre, e confesso isso demanda muito tempo e energia além de toda sua responsabilidade com a turma do curso que orienta. Tem que incentivar e motivar os alunos, olha quanta responsabilidade! Abraços!

        • Olá Adolorata,

          Lembre-se que na contemporaneidade todos nós temos que buscar a educação contínua, pois não há mais idade para começar ou para parar a estudar. Tudo requer aprendizado contínuo, que passa a ser algo natural e até para a sobrevivência. Por conta de todas as transformações que ocorrem o tempo todo, e em todas as áreas do conhecimento, temos que nos atualizar a todo momento. Não será diferente com o tutor, pois este importante personagem da EaD deverá dominar inúmeros conhecimentos e se reciclar continuamente em inúmeras áreas como por exemplo a tecnológica.

          Saudaçoes,

          Liliam Silva
          Blog educação-a-distância.com

  8. Boa noite, Lilian,

    É sem volta mesmo a Educação a Distância, em termos de Brasil e mundo. Deve-se democratizar o acesso ao ensino, tanto fundamental, médio ou superior, ou daí para a frente, semdistinção.
    É necessário também que tal modalidade de ensino seja amparada por várias formas e ferramentas metodológicas, a exemplo a utilização do rádio e TV como recurso da educação à distância.

    • Olá Tiago,

      Boas reflexões! Obrigada por estar aqui conosco.

      Historicamente a EaD em sua segunda fase utilizou bastante o rádio e a TV como recursos.
      Após a chegada da internet, passamos a “surfar” na terceira fase e neste momento temos as plataformas tecnológicas
      mais “tecs” possíveis.
      Sim, a EAD não tem mais volta!!
      A minha expectativa é que sempre se mantenha a qualidade, pois a Educação como um todo merece!

      Abraços,

      Liliam Silva
      Blog educação-a-distância.com

  9. Lilian, estou seguindo seu blog para concluir um trabalho na minha especialização sobre Ensino á distância, e seus artigos são enriquecedores, obrigada!
    O papel do tutor ao meu ver é de prestar todas as informações complementares e esclarecer qualquer dúvida que o aluno tenha com relação aos materiais, que foram desenvolvidos de forma geral, adaptando as explicações e orientações, cabe ao tutor a tarefa de assegurar a eficiência do processo e a eficácia da aprendizagem.
    O tutor representa o elemento de apoio e sustentação para os alunos em todos os momentos em que eles tenham dúvidas com relação aos trabalhos que devem desenvolver.
    Então quanto mais preparado ele estiver mais facilita sobremaneira o trabalho de tutoria.

    • Olá Letícia,

      Seja bem-vinda ao nosso espaço de trocas!

      Fico muito contente em saber que os meus artigos colaboram com o seu trabalho acadêmico. É uma honra, saiba disto.

      Em relação a tutoria, penso que você pontua inúmeras questões relevantes que colorem a atuação deste profissional.

      A minha contribuição neste momento é também pensá-lo como o personagem que desenvolve um papel que transcende a função de orientar e mediar, pois em sua tarefa cabe a ele ser um educador.

      Simbolicamente também o tutor de EAD é uma ponte, pois interliga o aluno online aos conteúdos, atende dúvidas para que ele vá adiante, constrói parceria e mediatiza todo o entorno do ambiente virtual de aprendizagem.

      Convido a leitura do meu último post intitulado: “A Tutoria é a Alma da Educação a Distância”.

      Forte abraço e apareça sempre!

      Liliam Silva
      Blog educação-a-distância.com

  10. Olá, Lilian! Bom dia!
    Eu atuo como tutora em cursos de graduação presencial, mas que utilização os 20% de disciplinas EaD que o MEC institui em sua legislação, desde o segundo semestre de 2010. Descobri nesta atuação uma realização pessoal muito grande. Minha graduação é fonoaudiologia com especialização em Educação Infantil e LIBRAS (Tradução e Interpretação). No momento estou iniciando uma nova pós em Metodologias EaD. E vislumbrei no seu blog um complemento importante para contribuir com as atividades acadêmicas desta pós.
    Gostaria de acrescentar aos comentários já traçados sobre a atuação do tutor, um outro aspecto que também me parece fundamental: é a atuação do tutor como motivador, como aquele que está próximo do aluno quando ele sente-se sozinho com a tecnologia, aquele que diz: – Bom dia, Boa tarde, muito bem, parabéns, como você está?. Enfim ele é o aspecto humanístico da EaD, porque transcende a tecnologia. O carinho, a atenção e a presença assídua do tutor torno a EaD um estudar menos solitário e mais prazeroso. Não sei se consegui ser suficientemente clara, mas creio que um tutor que gera aprendizado também precisa gerar afetividade, sem é claro deixar de ser crítico e coerente com os temas propostos.
    Quero parabenizá-la pelos artigos muito claros, ponderados e embasados. Também acredito que a Educação a Distância veio para ficar e participar desta modalidade é muito gratificante. Pretendo passar por aqui mais vezes. Ok?
    Um grande abraço

  11. Olá Liliam,

    Realmente a Educação a distância muda hábitos e faz com que o profissional desenvolva novas competências. Quanto mais busco aprender, mais apaixonada fico por essa modalidade de ensino, porque ela forma e transforma as pessoas.

    Abraços.

  12. Olá Lilian,

    Vejo que temos hoje em “sala virtual” se pudermos falar assim, os nativos e os imigrantes digitais. No seu ponto de vista, como interagir com dois públicos diferentes que estão em um mesmo grupo de estudos? Ou, justamente por estarmos nesse ambiente não é necessária essa preocupação?
    Um abraço,
    Fábia Spadoto

  13. Boa noite Lilian,

    Como você vê essas novas tecnologia para a 3 idade? Eu acho que o EaD seria uma excelente ferramenta para esse tipo de publico, mas barra na dificuldade do uso dessas tecnologias.

    Abraço,
    Cláudio

  14. Boa noite Liliam, li vários comentários e também seu texto de apresentação. Esta é uma atividade que fará parte de um trabalho que estou fazendo em um curso EAD. Para mim está sendo um grande desafio, não tenho muitas afinidades com as tecnologias, estou caminhando a passos lentos e já me sinto incomodada, por isso procurei um curso de pós em Educação a distância para tentar me atualizar,concordo que o ensino a distância está tomando proporções e tende a permanecer, pois apesarda flexibilidade, exige capacidade leitora e escrita , além da constante busca da informatização.

  15. Olá, Prof° Lilian!
    Agradeço pelos artigos sugeridos. Li-os e são muito interessantes e contribuem para o meu dia a dia como tutora virtual.
    Um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website