Feedback com Inteligência Emocional na EAD

Feedback com Inteligência Emocional na EAD

 

Feedback com inteligência emocional na EAD é um dos maiores desafios aos profissionais virtuais que trabalham diretamente com os alunos online, principalmente os tutores.  Entre as qualidades essenciais de um tutor pronto a dar e receber feedbacks de alunos online pode-se destacar: maturidade emocional; capacidade de liderança; competência para trabalhar com a adversidade; capacidade de empatia; cordialidade e habilidade para ler/ouvir.

As universidades em geral  têm dado preferência a tutores com experiência docente não somente no sentido técnico,  mas principalmente no sentido humano, pois estes podem atender melhor aos alunos e, o aluno melhor atendido, não abandona o curso online.

🙄

Dicas para a Tutoria dar Feedback com Inteligência Emocional na EAD:

1)- Tente não reagir defensivamente ou através de racionalização  se recebeu um feedback negativo por parte de seu aluno online.   Reflita com bastante coragem o quanto o aluno está apontando um fato real, ou seja, o seu comportamento indevido.

2) Tente entender o que o aluno online está lhe transmitindo, o que o levou a ter a percepção ou sentimentos que teve sobre o seu comportamento.

3) Compartilhe a sua opinião e sentimentos sobre o feedback recebido com o aluno que o forneceu. Seja sincero.

4) Cabe ao tutor, sem discutir o feedback que recebeu, decidir se deve ou não mudar. Afinal,  é ele  o gerente do seu próprio comportamento.

Lembre-se que o feedback não é só aplicado no mundo da educação a distância, verifique como você está dando feedback às pessoas que convivem no seu mundo pessoal, como seus filhos, seus pais, seu marido ou sua mulher e seus amigos. Da mesma maneira que alunos online  podem se decepcionar, desmotivar e criar mágoas, o mesmo ocorre com as pessoas que cercam nossa vida pessoal, principalmente aquelas que estão mais próximas.

🙄

Atributos  do  Tutor para  Mediar Conflitos em Ambientes Virtuais de Aprendizagem

Conflitos são inerentes à raça humana, portanto ele também existe em AVAs – Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Quer desenvolver habilidades essenciais frente à conflitos? Veja os itens a seguir.

1- Ter desenvolvido inteligência emocional frente a algumas  emoções expostas individualmente ou publicamente por alunos em um AVA como:  irritação, indignação, enfado, confusão, tirania….‏

2- Saber realmente ouvir o aluno online (lê-lo e/ou ouví-lo).  Inclusive nas  entrelinhas.

3- Estabelecer limites a confrontos e negociar conflitos no grupo. Não postergar a intervenção.

4- Estabelecer diferenciação entre:

a- o que é o sujeito e o que é o outro

b- fantasia e realidade

c- interno e externo

d- presente e passado

f- desejável e possível

g- claro e ambíguo

h-verdade e mentira

🙄

Comunicação –  Cuidados ao comunicar as suas interpretações pessoais

Verdade sem amor é crueldade. Muita atenção como você realiza a comunicação verbal e a não-verbal. Existem pessoas que passam como um trator sobre as outras e as deixam doentes, por acreditarem que devem se comunicar de maneira truculenta para falarem a verdade.

O feedback é uma técnica comunicacional de retroalimentação que cria espaços saudáveis para que a comunicação se estabeleça da forma mais equilibrada possível entre as pessoas, mesmo comunicando-se verdades inconvenientes.

🙄

Traços caracterológicos de tutores nos AVAS:

Obsessivo: exacerbada intolerância com atrasos quando marcadas webconferências online,  criando um clima de sufoco entre todos.

Fóbico: evita entrar em contato com situações angustiantes, como por exemplo o aluno que lhe traga qualquer problema referente ao curso.

Narcisista: mais voltado ao seu bem-estar do que para o dos outros, necessidade imperiosa de receber aplausos, pode propiciar a criação de conluios inconscientes. O coordenador se sente tão brilhante que na sua mente ele deslumbra às pessoas do grupo. É um gestor que sente que tem a propriedade privada sobre os “seus liderados”. Tutor é também gestor em sala virtual…

Modelo de Identificação: O tutor as vezes pode ser tão atuante e criar um clima forte de inter-relação que até  propicia a oportunidade para que os participantes introjetem a figura dele  e identifiquem-se profundamente com as suas características.

🙄

LEMBRANÇA NECESSÁRIA AOS TUTORES: Empatia é poder colocar-se no lugar de cada um do grupo virtual.                                                                                                     😆

Quando expressamos o cuidado para com outra pessoa, será isto uma habilidade inata e que existe apenas em algumas pessoas do que na maioria? A empatia na verdade é uma habilidade que pode ser ensinada e retroalimentada através de um ambiente educativo favorável, sem dúvida alguma.

O termo empatia é utilizado para descrever uma ampla gama de experiências inter-relacionais dos humanos e alguns pesquisadores a definem como a capacidade de sentir as emoções de outras pessoas, imaginando e sentindo dentro de nós o que alguém pode estar pensando ou sentindo diante de uma situação. As pessoas que sentem empatia são mais sensíveis às perspectivas e aos sofrimentos das outras pessoas. Elas naturalmente não abusam de seu poder para magoarem os outros tendo a desculpa de que precisam falar a verdade. São seres humanos mais propensos a fazerem julgamentos morais mais compassivos.

Em sala de aula virtual, há dezenas de fontes naturais de empatia. Sem empatia, o tutor estará ensinando apenas conteúdo aos estudantes. 🙄

A empatia ajuda os alunos considerarem: Quem é o outro ? Outros quem? Como nos relacionamos ? O que queremos compartilhar? O que eles precisam de mim, e eu deles? Isto leva a um escalonamento, e muitas vezes remete a uma pergunta para todos nós : O que devo fazer com o que eu sei ?  🙄 

Saiba+

 

 

5 comentários em “Feedback com Inteligência Emocional na EAD

  1. Boa tarde!

    Achei bem interessante a reportagem. Ela fornece bases para a conduta do tutor em momentos de adversidade.

    Obrigada por compartilhá-la conosco.

  2. Sou estudante de pedagogia e estou cursando a disciplina Linguagem e Mídias na Educação à Distância. Como trabalho bimestral tenho que acessar e acompanhar um blog que fale sobre EAD. Achei muito interessante e importante para meu conhecimento os conteúdos postados aqui. Parabéns pela clareza das informações.

  3. Com toda certeza este é um tema que ainda gera muitas dúvidas,tanto do lado do aluno que talvez não seja tão disciplinado para acompanhar tal forma de aprendizagem quanto pelo lado do Professor,que deve se preparar para passar o conteúdo com clareza!Parabéns pelo blog.

  4. Esse blog tem muito a acrescentar na educaçâo das pessoas, principalmente para aqueles que estudam pela modalidade e que precisam de um tutor para o aprendizado.

  5. Sou universitário e sempre ouvi falar que a pessoa que opta por esse tipo de ensino não busca aprender e sim apenas o diploma, e que as instituicões visam apenas o lucro. Já vejo diferente esta questão educacional e estou a cada dia aprendendo que as coisas não sao como alguns falam ou como somos orientados a pensar.Muito bom ter encontrado esse blog e que permaneça nos esclarecendo muito mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website