MOOCs Mudarão a Educação a Distância – EAD

MOOCs Mudarão a Educação a Distância – EAD

 

MOOCs Mudarão a Educação a Distância – EAD ? Certamente daqui poucos anos, provavelmente no segundo decênio do século 21, a Educação será moldada por uma série de inúmeros novos modelos e inovações. Viveremos cada vez mais o alastramento das tecnologias móveis, das redes sociais e dos próprios formatos pedagógicos destinados às novas maneiras de aprender. Não é de hoje que a Educação tem sido obrigada a se rever e a se transformar, principalmente pelo avanço exponencial da tecnologia no mundo todo, como também da própria disseminação da educação a distância que acontece  por conta deste mesmo avanço. Será que MOOCsMassive Open Online Course,  mudarão a Educação a Distância – EAD?  Esta é uma forte indagação que eu e muitos especialistas têm!

 

Nestes tempos de grandes complexidades, certamente nós que trabalhamos com Educação temos que continuamente abraçar não só as transformações do mundo contemporâneo, mas também sermos “meio” para se chegar a uma nova ordem educacional.  Acredito que MOOCs mudarão a educação a distância – EAD, pelo seu formato inovador, que faz uso de tecnologia de ponta e de proposta extremamente ousada na Educação, que nos servirá para revermos muitas questões.

 

MOOCs  bem estruturados oferecem a aprendizagem através do conectivismo, onde o ponto de partida para esta abordagem de aprendizagem ocorre quando o conhecimento é acionado através do processo de um aprendiz conectar e alimentar as informações com os seus milhares de  pares,  em uma grande comunidade virtual de aprendizagem.

 

O conectivismo, gerador de um sistema intelectual-tecnológico complexo, aponta que o conhecimento está distribuído numa rede de conexões e que, desse modo, a aprendizagem consiste na capacidade de se construir essas redes e assim poder circular virtualmente por elas, construindo conhecimento. Duas grandes habilidades são utilizadas para se aprender via MOOCs: capacidade de buscar informações e capacidade de filtrar as informações irrelevantes e portanto secundárias.

 

Comunicação e interação são partes relevantes do conectivismo; compreendido como Teoria da Aprendizagem para alguns autores ou Teoria do Conhecimento para outros, possibilitando aos alunos a oportunidade de co-criarem e disseminarem conhecimento. O conceito MOOC- Massive Open Online Course,  está entre nós apenas há  4 ou 5 anos, e é importante apontar que a própria definição do conceito sofreu uma mudança significativa nos últimos 12 meses, surgindo como um segmento inteiramente novo da Educação.

 

Será fundamental os professores deste século,  abandonarem o velho modelo de ensino-aprendizagem instrutivista, modelo de aprendizagem que é centrado no professor, que supõe que o conhecimento pode ser obtido passivamente pela transferência de informação entre docente e aluno.  Hoje o que mais se defende entre os educadores é que para desenvolver o conhecimento é necessário um ambiente de aprendizagem muito diversificado do que o utilizado para simples transmissão da informação. Conhecimento é interpretação e contextualização quando extraídos de boa  informação adquirida.

 

A minha expectativa particular é que MOOCs se multiplicarão ao longo dos anos deste novo século,  e que serão estímulos para que muitas universidades do mundo todo ofereçam cursos online no Ensino Superior através de gigantes plataformas e com milhares de alunos conectados. Acredito também que este processo educacional será bem complexo em outros contextos, pois provocará novas e difíceis discussões sobre formação, certificações, empregadores.

 

Será que é tendência que  daqui alguns anos os nossos alunos se graduem  através de MOOCs? Eu arrisco a apostar que sim! Mas acho que será um caminho complexo até se tornar algo comum….. E você?  O que acha? 🙄

10 Melhores Sites para obter informações e experiências com MOOCs:

Cursos Udemy grátis(http://bit.ly/WH5Rd7) . O jornal The New York Times informou que a Udemy  anunciou recentemente um projeto chamado Faculdade Nova, em que premiados professores de Universidades, como Dartmouth e Universidade da Virgínia  oferecem  cursos online gratuitos. Seu co-fundador, Gagen Biyani, disse que o site tem mais de 100 mil alunos matriculados em seus cursos.

Cursos iTunesU grátis(http://bit.ly/5bZJT3).  É o aplicativo gratuito da Apple  que oferece aos alunos o acesso a todos os materiais para cursos com reprodução de vídeos e audios de palestras.

Cursos da Universidade Stanford gratuitos (http://stanford.io/12oXl). De  Mecânica Quântica à Inteligência Artificial, Stanford oferece cursos muito bem sucedidos no modelo MOOC, onde a conexão é  estar junto com mais de 160 mil alunos  de 190 países.

Cursos grátis UC Berkeley(http://bit.ly/bMmzKn).  A partir de Biologia Geral à Emoção Humana, Berkley oferece uma variedade de cursos muito interessantes.

Cursos do MIT Grátis(http://bit.ly/NgUMi).  Veja também:  Courseware do MIT .

Duke cursos gratuitos(http://duke.edu/ )  Universidade Duke oferece uma variedade de cursos sobre iTunesU. Imperdível!

Cursos de Harvard grátis(http://www.harvard.edu/).  A partir de Ciência da Computação à Shakespeare, os estudantes podem obter uma educação livre em  Harvard.

Cursos grátis UCLA –  (http://www.ucla.edu) -Confira cursos gratuitos, como o programa de escrita que oferece mais de 220 ​​cursos online a cada ano.

Cursos grátis de Yale(http://www.yale.edu/).  No Aberto de Yale, a Escola oferece  acesso livre e gratuito a uma seleção de cursos introdutórios ministrados por professores ilustres e estudiosos da Universidade. O objetivo do projeto é ampliar o acesso a materiais educacionais para todos os que desejam aprender.

Carnegie Mellon cursos gratuitos(http://bit.ly/3b0M9).  Carnegie Mellon  também oferece excelentes cursos. Aproveite!

Fonte: bdpa-detroit.edu

Saiba+

 

 

 

3 comentários em “MOOCs Mudarão a Educação a Distância – EAD

  1. Estou adorando seu textos, Lilian. Eu atualmente estou fazendo um MBA online e já fiz 2 cursos pelo site http://www.coursera.com.br, um pela universidade de Washington e outro universidade de Michigan. Os cursos são ótimos, tem um grau de profundidade muito bom. Cada curso tem cerca de 4000 alunos!!!mas muitos poucos brasileiros, pois a grande barreira que precisamos vencer aqui no Brasil é o domínio de um segundo idioma.

    • Oi Eliane, tudo bem? Que maravilha, você está fazendo ótimos cursos por excelentes plataformas. Só uma observação, segundo dados mais recentes, divulgados abertamente nas mídias, o Brasil responde por 5,9% do total de alunos no Coursera, atrás dos EUA (38,5%) e seguido pela Índia (5,2%) e pela China (4,1%). Apesar de o Coursera ser a única plataforma a divulgar suas estatísticas, não é difícil encontrar brasileiros em outros sites. Desta forma, muitos brasileiros estão vivenciando a mesma experiência que você.

      Abraços,

      Liliam Silva

  2. Que bom saber que a tecnologia está sempre avançando no campo da Educação a distancia isso só me faz me interessar ainda mais sobre isso. Cada vez mais tornara nosso aprendizado mais prazeroso com novas tecnologias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website